Como Russkiye Samotsvety está lidando com a atual crise

Um dos principais problemas que a maioria das empresas russas enfrentam atualmente é a necessidade de uma avaliação objetiva do novo declínio do consumo devido à quarentena, além de fazer previsões para uma saída. De acordo com um estudo da RBC-Petersburgo...

Hoje

Vendas globais de diamantes em bruto caem 80-90% em valor no segundo trimestre – Zimnisky

A pandemia de Covid-19, que está se espalhando por todo o mundo, originária da China em Wuhan, deixou comerciantes e compradores de diamantes aos baralhos. As licitações tradicionais de diamantes foram canceladas por volta de março, quando os governos...

27 de julho de 2020

Indústria indiana de diamantes e polimento exige integração avançada - Dinesh Navadiya

Dinesh Navadiya é agora o Presidente Regional (Região Gujarat) do Conselho de Promoção de Exportação de gemas e Joias (GJEPC) da Índia pelo terceiro mandato. Ele também é o Diretor do Conselho de Habilidade de gemas e Joias da Índia (GJSCI)...

20 de julho de 2020

GJEPC se concentrará na geração de demanda por diamantes e joias nos próximos dois anos

O Sr. Vipul P Shah, Vice Presidente do Conselho de Promoção de Exportação de Pedras Preciosas Joias da Índia (Gem & Jewellery Export Promotion Council, GJEPC) assim como CEO e diretor administrativo da Asian Star Co. Ltd. tem uma rica experiência...

13 de julho de 2020

A necessidade de investimentos de capitais significativos será a principal tendência na indústria de mineração de diamantes em 2021-2030

As perspectivas da indústria de diamantes no período pós-crise são discutidas pelo correspondente da Rough & Polished com Sergey Mityukhin, candidato a ciências geológicas e mineralógicas, geólogo honrado da Federação Russa, que foi geólogo chefe da...

06 de julho de 2020

O presidente do Parlamento do Zimbábue pede políticas consistentes de mineração de diamantes

30 de julho de 2020
O presidente do Parlamento do Zimbábue pediu que as políticas de diamantes no país sejam consistentes, a fim de atrair investimentos e proteger os direitos de propriedade dos investidores.
O New Zimbabwe citou o porta-voz Jacob Mudenda dizendo que o governo teve uma mudança de política em 2015 em direção à consolidação de todas as operações de diamantes em Marange, gerenciadas pela Companhia de Diamantes Consolidada do Zimbábue (ZCDC).
"Em 2018, houve outra mudança de política e os campos de diamantes de Marange foram abertos a todos os investidores", disse ele.
"... é fundamental que nossas políticas de mineração de diamantes permaneçam consistentes para atrair investimentos tão necessários."
O Zimbábue permitiu o retorno de Anjin, de propriedade chinesa não listada, a Marange, no ano passado.
Anjin já havia extraído diamantes no país até o início de 2016, quando o governo do ex-presidente Robert Mugabe decidiu não renovar as licenças de operação das empresas de mineração que operavam em Marange, o que levou à formação do ZCDC.
A ALROSA da Rússia também estabeleceu uma empresa de joint venture com a ZCDC, a ALROSA Zimbabwe, que iniciou recentemente a prospecção e trabalhos preliminares de exploração de depósitos primários de diamante nas províncias de Masvingo, Matebeleland South e Matebeleland North.
A ZCDC também deve estabelecer uma joint venture com a Vast Resources para prospectar e extrair diamantes em Marange.
A Vast já havia formado uma empresa, Katanga Mining, com a comunidade Chiadzwa.

Mathew Nyaungwa, editor-chefe do Bureau Africano,para a  Rough&Polished