Pandemia de Covid-19 diminui produção de Lucapa Q2 em Angola

A produção do segundo trimestre da Lucapa Diamond em seu projeto aluvial de Lulo, de 40%, em Angola diminuiu 24% para 2.944 quilates em comparação com 3.868 quilates, um ano antes.

10 de julho de 2020

As vendas da ALROSA em junho "eram esperadas baixas"

As vendas totais da mineradora de diamantes de diamantes brutos e polidos em junho totalizaram US $ 31,3 milhões, incluindo US $ 24,8 milhões de dólares em vendas brutas e US $ 6,5 milhões de dólares em vendas polidas, de acordo com sua atualização comercial...

10 de julho de 2020

Tanzânia interrompe os planos de Petra de vender a mina de diamante Williamson – relatório

O governo da Tanzânia interrompeu os planos da Petra Diamonds de vender sua participação de 75% na mina de diamantes Williamson (WDM) em Mwadui, segundo a mídia local.

10 de julho de 2020

Presidente da WDC aplaude o acordo GemFair-GIZ-MRU

Edward Asscher, presidente do Conselho Mundial de Diamantes, expressou o forte apoio da WDC a um acordo anunciado pela iniciativa GemFair do De Beers Group, a Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit (GIZ) e a União do Rio Mano...

10 de julho de 2020

Covid-19: Stargems doa 10% de sua receita de varejo à Dubai Cares

A Stargems, uma empresa internacional de diamantes que  fornece diamantes em todo o mundo, tornou-se o primeiro varejista de joias a doar 10% de sua receita de varejo para a Dubai Cares de 1 de junho a 31 de agosto de 2020.

09 de julho de 2020

Johan Erikson: O setor precisa gastar mais em publicidade e marketing

08 de junho de 2020

excl_08062020.png
Crédito de imagem: narciso1 (Pixabay)


johan_erikson_xx.pngA First Element é uma empresa de serviços de diamante totalmente independente, registrada na Bélgica, Botsuana, África do Sul e Dubai.

A First Element está comprometida em fornecer um serviço de diamante de classe mundial que visa agregar valor a toda a cadeia de suprimentos, desde as recuperações diárias de diamantes nas minas até colocá-los à venda em licitações, otimizando assim o valor das pedras vendidas.

Nesta entrevista, a Rough & Polished falou com o diretor-gerente da First Element, Sr. Johan Erikson aonde ele fala sobre o impacto da pandemia no comércio de diamantes e as propostas que sua empresa conseguiu manter e pretende continuar, bem como sobre futuros preços polidos e marketing de diamantes.

A pandemia do COVID-19 afetou as propostas do First Element?

Definitivamente, isso afetou nossas propostas e todo o setor. Felizmente conseguimos concluir todas as nossas propostas no início do surto e a receita recebida ajudou os produtores tremendamente nesses tempos.

Muitas propostas de outros produtores do mercado tiveram que ser canceladas ou apresentaram uma grande percentagem de retiradas, sendo que algumas delas não conseguiram concluir as propostas que já estavam em andamento.

No entanto, desde que os confinamentos em todo o mundo foram implementados e as proibições de viagens subsequentes foram aplicadas, tornou muito difícil o planeamento logístico das propostas.

Que medida e que o Sr. tomou para manter suas propostas nesses tempos de incerteza?

Era imprescindível que a First Element permitisse a todos os compradores de todo o mundo a oportunidade de licitar e participar de seus próximos concursos. Agora, isso pode ser feito em seus próprios escritórios, devido às atualizações feitas na infraestrutura online do First Element e na plataforma de lances online segura. Os compradores poderão visualizar e licitar os diamantes com confiança usando as informações fornecidas a eles, que por sua vez os manterão competitivos em nossos futuros concursos.

Os clientes terão acesso a imagens de alta resolução, de qualidade profissional, de pacotes de diamantes, bem como informações detalhadas sobre a composição de cada pacote. Isso será consistente com nosso sortimento regular, que é muito conhecido e utilizado por nossos clientes existentes.

Além disso, para pedras Premium selecionadas, forneceremos conselhos sobre a cor, clareza e características específicas da pedra. Também disponibilizaremos um arquivo para baixar para permitir que os compradores trabalhem na pedra.

Mas o mais importante é que o First Element disponibilize aos clientes um painel de três pessoas para discutir e aconselhar sobre essas pedras selecionadas. Este painel tem mais de 100 anos de experiência combinada em polimento de diamante, marketing de diamante, planeamento e avaliação de diamante. Com hora marcada, o First Element sediará uma reunião do Zoom e fornecerá opiniões e conselhos sobre a pedra e responderá a quaisquer perguntas que o potencial comprador possa ter.

Você tem a certeza do interesse dos compradores em relação às propostas hoje em dia?

As propostas ainda são, de longe, o melhor método de venda para os produtores, pois permitem uma forte concorrência devido aos altos índices de participação. Isso permite que os produtores saibam que estão obtendo o melhor preço possível nas condições atuais do mercado.

Da mesma forma, para os clientes, ele oferece as seguintes vantagens: eles podem fazer lances nas parcelas e diamantes preciosos que precisam; eles oferecem produtos que entendem e se sentem confortáveis em fabricar; eles podem oferecer um preço com o qual se sintam confortáveis.

Quais são as próximas propostas programadas para o First Element?

Temos uma licitação agendada em nossos escritórios em Joanesburgo, África do Sul, de 18 a 23 de junho de 2020 e, em seguida, na Central de Licitações de Antuérpia, de 6 a 10 de julho de 2020.

Como é que o Sr. se sente com os diamantes cultivados em laboratório?

Investidores e clientes que entendem o verdadeiro valor de um diamante natural preferem comprar um diamante que proteja seu investimento. Neste ponto, os diamantes cultivados em laboratório ainda precisam provar isso.

Na sua opinião, qual e a estratégia mais exigida atualmente, será que é, reduzir as vendas das empresas de diamantes e manter os preços dos diamantes, ou manter os volumes de vendas e reduzir os preços?

Nenhuma das acima. Para que nossa indústria sobreviva, as minas precisam sobreviver. Muitas das minas não poderão continuar operando com preços mais baixos. Portanto, cabe a nós, como indústria, proteger as minas e garantir que os fabricantes e as empresas de corte de diamantes tenham um lucro sustentável e também garantir que os clientes obtenham valor por seus investimentos.

Como o Sr. acha que os preços dos diamantes polidos mudarão no futuro próximo?

Os preços polidos devem aumentar gradualmente, assim como tudo na vida. Por sua vez, permitirá que os compradores vejam os diamantes como um investimento novamente.

Quando podemos esperar uma recuperação na demanda por diamantes em bruto?

Esta é uma questão muito difícil. Teremos que ver a indústria voltar à normalidade novamente.

Na situação atual, o Sr. acha que é necessário gastar mais, ou menos dinheiro na comercialização de produtos com diamantes?

Sinto que o setor precisa gastar mais em publicidade e marketing para garantir a demanda por diamantes e o aumento sustentado dos preços. Isso protegerá minas, revendedores, fabricantes e também varejistas.

Alex Shishlo, editor do Bureau Europeu para a Rough & Polished